Estudantes não passam de ano sem plantar dez árvores nas Filipinas

Estudantes não passam de ano sem plantar dez árvores nas Filipinas

O parlamento das Filipinas aprovou uma lei que obriga os estudantes desde o ensino básico até o universitário plantarem árvores

Compartilhe:

Um dos autores da proposta é Gary Alejano, segundo ele, 12 milhões de alunos do ensino básico, quase cinco milhões do secundário e 500 mil que se licenciam anualmente, plantarão 175 milhões de novas árvores.

“Mesmo com uma taxa de sobrevivência de apenas 10%, a medida traduz-se na plantação de 525 mil milhões de árvores, que estariam disponíveis para os jovens admirarem quando assumirem a liderança no futuro”, refere o parlamentar.

Isso trará um impacto enorme na absorção de carbono do país, além de que as futuras gerações entenderão a importância das árvores para o bem estar e sobrevivência do planeta. O corte de árvores é a maior causa de inundações, faltas de água e erosão do solo.

Espero que no Mundo e principalmente, no nosso país, um dia sigamos esse exemplo das Filipinas, para contribuirmos com as gerações futuras, contra o aquecimento global e as demais causas catastróficas que vemos acontecer cada vez com mais frequência no Globo Terrestre.

Nossas Redes:
Instagram: @vagalumeriaplantas
Facebook: @vagalumeriaplantas
Pinterest: @vagalumeriaplantas
Compartilhe:

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba nossas atualizações :)

Comentários